A SMO foi ao XXVII Encontro de Coros de Estremoz.

Posted

No sábado, dia 21 de Outubro de 2017, o Coro da Sociedade Musical Odivelense (SMO) participou no XXVII Encontro de Coros da Cidade de Estremoz.
Estremoz é conhecida como a “cidade branca” do Alentejo. Para além da cor do casario isso deve-se às jazidas de mármore branco, o célebre “Mármore de Estremoz”, que tornou a cidade conhecida a nível internacional. 
Visitar Estremoz é visitar a História.Casa de muitos reis e rainhas de Portugal, em particular de D. Dinis e da Rainha Santa Isabel, Estremoz tem um património riquíssimo, tanto do ponto de vista cultural como arqueológico, patente nos inúmeros monumentos espalhados pela cidade. É do ponto de vista histórico um dos concelhos mais importantes do Alentejo 


Convento dos Congregados

Inspirado no barroco italiano, a construção do Convento de Nossa Senhora da Conceição ou Convento dos Congregados iniciou-se no século XVI. Primeiro foi palácio. Mais tarde, em 1698, deu origem ao Convento da Congregação do Oratório de S. Felipe Nery. A construção da igreja foi iniciada em 1703, no entanto, só foi concluída em 1961. A sua fachada, em mármore rosa, seria finalizada apenas em 1967. Em 1971, foi classificada como Imóvel de Interesse Público. Em 1974 foi terminada a abóbada da capela-mor.
A igreja foi inaugurada em 1995, três séculos depois de ter sido começada. Com a extinção das Ordens Religiosas, o Convento cedeu as suas instalações à Câmara Municipal e, mais tarde, à Biblioteca Municipal e ao Museu de Arte Sacra.
E foi aqui, neste espaço histórico e imponente, que as Vozes se ouviram e deslumbraram todos os presentes.

Partilhar nas Redes Sociais
TwitterFacebookWhatsAppGoogle+

Deixe uma resposta