Professores

Prof. Mário Bento

Mário Vasco Gonçalves Monteiro Bento, nasceu a 19/01/1966 em Montelavar, concelho de Sintra.

Aos 11 anos de idade, seguindo as influências musicais do seu avô paterno e do seu pai, inicia os seus estudos musicais na Banda de Montelavar, sua terra natal. Em 1983 com 16 anos, ingressa como voluntário na Força Aérea Portuguesa e na sua Banda de música como Percussionista. Em 1985 frequenta o curso de sargentos do quadro permanente, sendo promovido ao posto de furriel em 1986. Prosseguindo com êxito os seus estudos musicais na Banda da Força Aérea Portuguesa, tem atualmente o posto de 1ºsargento.

Ao longo de todos estes anos lado a lado com a sua carreira músico-militar, tem atuado em diversas Bandas filarmónicas de todo o país, tanto a nível nacional como no estrangeiro, em grupos ligeiros, Orquestras ligeiras e Orquestras Sinfónicas entre as quais a do Teatro Nacional de S. Carlos. Em Outubro de 2001 é agraciado com a Medalha de “Mérito Municipal 2º Grau, Prata” pela Câmara Municipal de Sintra.

Atualmente além de executante também leciona Bateria e Percussão em algumas Escolas de Música particulares e em Escolas de Música de Bandas Filarmónicas, nomeadamente: da Casa do Povo de Lavre; Sociedade Filarmónica União Arrentelense e Sociedade Musical Odivelense. Em Julho de 2003 e 2004 lecionou nos VeVI Cursos de Aperfeiçoamento para Jovens Músicos organizados pela Casa do Povo de Lavre. Em Abril de 2004 fez um Master-class de Percussão em 3 Bandas Filarmónicas na Ilha do Faial (Açores).

 

 

Professor Mário Bento

 

 

Professor Manuel Gaspar

Prof. Manuel Gaspar

Manuel Fernando Rodrigues Gaspar, natural de Évora, iniciou os seus estudos musicais aos 9 anos na Escola do Grupo de Amadores de Música Eborense, em 1976 inicia o estudo do Trombone de Varas e em 1977, 1978, 1979 e 1980 frequentou os Cursos de Aperfeiçoamento de Instrumentistas de Sopro no Estoril, com Emídio Coutinho, com quem estudou até 1983.

Continuou os estudos musicais na Academia de Música Eborense, onde fez o 7º Grau de Trombone, o 6º Grau de Formação Musical, Acústica, o 2º Ano de Práticas de Teclado e frequentou o 3º Ano de História da Música e o 1º Ano de Análise e Técnicas de Composição.

Ingressa no Exército em 1979, como executante de trombone na Banda da Região Militar do Sul e em 1980 é transferido para a Orquestra Ligeira do Exército.

Ingressa em 1982, na Banda da Força Aérea onde foi executante de Trombone de Varas e leccionou nos Cursos de Formação de Sargentos as disciplinas de Formação Musical, Acústica e Organologia e nos Cursos de Formação de Praças as disciplinas de Formação Musical e de Organologia.

Em 20 de Dezembro de 2012 assume as funções de Subchefe da mesma Banda, sendo promovido ao posto de Sargento Mor.

Como instrumentista fez parte de vários Grupos de Metais, Orquestras “Diniz Caineta” e “Templus de Évora”, tocou com a Orquestra Sinfónica Juvenil, Orquestra Sinfónica do Teatro de S. Carlos, Orquestra Sinfónica Portuguesa, nas Orquestras do “Coliseu dos Recreios” e “Teatros de Revista”, “Orquestra Ligeira do Barreiro”, e com mais de uma dezena de Bandas de Música de Norte a sul do País.

Participou nalguns programas de televisão e gravações de discos.

Dirigiu a Banda Juvenil e a “Orquestra Melodia” da Sociedade Musical Odivelense.

No ensino da Música foi professor de Iniciação Musical na Escola primária Nº 7 em Évora; professor de Instrumentos de Metais nas Escolas de Música da “Academia de Música Eborense”, “Banda Filarmónica Recreio Alverquense”, “Banda Simão da Veiga da Casa do Povo de Lavre”, “Banda Municipal do Barreiro”, “Banda do Centro Cultural do Alandroal” e na “Sociedade Filarmónica União Pinheirense, professor de AEC Música na Escola Maria Máxima Vaz (Odivelas) nos anos lectivos de 2014/2015 e 2016/2016 e professor de Iniciação Musical no JI Roque Gameiro, no ano lectivo de 2015/2016, professor de Music’all na Escola Maria Lamas no ano lectivo de 2016/2017. 

Atualmente é professor de Formação Musical e Instrumentos de Metais na Escola de Música da “Sociedade Musical Odivelense”, professor de Iniciação Musical no JI AMOP professor na Escola de Música e maestro da Orquestra Juvenil da “Casa do Povo de Canha”.

Prof. João Abrantes (Clarinete)

João Paulo Vilela Abrantes, nasceu em Lisboa em 16 de Fevereiro de 1989. 

Iniciou os seu estudos em clarinete com 9 anos na Escola de Música do Conservatório D. Dinis, com os Professores Joaquim Ribeiro e Francisco Ribeiro e mais tarde com o o Professor Alberto Lages. Aos 10 anos entra para a banda da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Loures, onde trabalhou com o Maestro Alfredo Rosa Santos, tendo dois meses depois integrado definitivamente na banda dirigida pelo maestro Filipe Santos, onde ainda se encontra como chefe de naipe e solista, dirigida pelo Tenente Coronel da Força Aérea Portuguesa, Maestro Élio Murcho. Aos 12 anos concorre à Escola de Musica do Conservatório Nacional, ficando classificado em 3º lugar, estudando com os Professores Luis Gomes, Nuno Silva e Rui Silva. em 2003 integra o 6º encontro Internacional de Clarinete de Lisboa, realizado na Escola de Música do Conservatório Nacional, estudando com os Professores Walter Boeykens, J. Lawrie Bloom e Joan Enric Lluna.

Em 2004 volta à Escola de Música do Conservatório D. Dinis, continuando os seus estudos com o Professor Alberto Lages, encontrando-se presentemente no 7º ano de clarinete.

Em 2001 presta provas na Orquestra de Clarinetes de Almada, onde fica aprovado, continuando a fazer parte da mesma, dirigida pelo Professor Manuel Jerónimo. Em 2006 participa no XXIII curso nacional para jovens Músicos do INATEL, como solista. Ao longo deste percurso efectuou diversos encontros musicais no país e em Espanha.

 

 

Professor João Abrantes

 

 

Professor Jorge Nunes

 

Prof. Jorge Nunes (Flauta)

Iniciou os seus estudos Musicais na Sociedade Filarmónica Humanitária de Palmela.

Estudou flauta transversal na Academia de Música e Belas Artes Luísa Tody com o Prof. Fidélio Barrocas e depois no Conservatório Nacional de Música de Lisboa com os Professores Nuno Ivo Cruz e Katharine Rawdon.

Participou em vários estágios da Orquestra das Escolas Particulares e da Orquestra Portuguesa da Juventude. Foi flautista da Banda de Música da Força Aérea Portuguesa entre 1989 e 1995. Concluiu o Curso de Flauta Transversal em 2001 na Escola Profissional de Música e Artes de Almada com a Prof.ª Katharine Rawdon.

Participou em Masterclass com Trevor Wye em Segóvia (Espanha) e com Gary Woodward em Lisboa. Participou como convidado para gravações com várias bandas Filarmónicas.

Colaborou com a Orquestra Sinfónica Portuguesa e Orquestra de Câmara de Cascais.

Atualmente leciona a classe de Flauta Transversal em várias escolas de música, nomeadamente no Conservatório Regional de Música de Palmela, Escola de Música da Sociedade Filarmónica Palmelense e Escola de Música da Casa do Povo de Lavre.

Prof.ª Rute Ribeiro (Piano e Pré-Iniciação)

Licenciada pela Escola Superior de Música de Lisboa. Curso Complementar de Música concluído no Instituto de Música Vitorino Matono. Curso Básico de Música concluído no Conservatório Nacional de Música.

É Docente desde 2001 no Instituto de Música Vitorino Matono, o Conservatório da zona Oriental de Lisboa. Leciona  Análise e Técnicas de Composição, Iniciação Musical, Classe de Conjunto,  Piano, Formação Musical e Pré-Iniciação Musical no cursos Oficial e  Planos Próprios.

No ano letivo de 2010-2011 teve também o cargo de Relações Públicas na mesma Instituição, tendo como principais actividades a organização de eventos externos do Instituto Matono, respectivos espaços e todas as actividades extra currículares em colaboração com a Direção Pedagógica.

No mesmo ano foi também assessora da Direção, tendo a seu cargo a organização de concertos, recitais e também uma participação ativa na criação de projetos e actividades para o desenvolvimento da comunidade.

Leciona também, desde 1997, no Crescendo Centro Musical e no Externato Rainha Santa. No ano letivo de 2008-2009 foi Docente e Coordenadora do Grupo de Música no Curso Técnico Profissional de Apoio á Infância, na Escola Secundária Afonso Domingues. De2007 a2009 foi também responsável pela disciplina de Música em várias creches e jardins de infância na cidade de Odivelas, tendo realizado vários espetáculos.

Foi também professora de Educação Musical no 2º ciclo do Ensino Básico de 2000-2007, bem como no Ensino Especial e de Língua Estrangeira.

 

 

Professora Rute Ribeiro

 

 

Professora Ana Pires

 

Prof.ª Carlota Pimenta (Violino)

Nasceu em Lisboa, em 1986. Começou a tocar violino aos 11 anos, no Musicentro, com Amâncio Cabral. Concluiu o Curso Complementar de Música, em 2007, na Fundação Musical dos Amigos das Crianças, na classe do professor António Figueiredo. Licenciou-se em Instrumentista de Orquestra, em 2011, na Academia Nacional Superior de Orquestra, com o professor Carlos Damas.

Foi membro da Orquestra Sinfónica Juvenil na temporada 2006/2007, sob direcção de Christopher Bochmann. Entre 2007 e 2011, integrou a Orquestra Académica Metropolitana, sob direcção do maestro Jean-Marc Burfin, e a Orquestra Sinfónica Metropolitana, sob direcção de vários maestros, entre os quais Cesário Costa, Christoph Campestrini, Evgeny Bushkov, Michael Zilm e Nir Kabaretti.

Participou no Estágio de Verão da Orquestra Sinfónica Juvenil (2006), sob direcção de Christopher Bochmann, nos dois Estágios Nacionais da Orquestra Sinfónica Académica Metropolitana (2006 e 2008), sob direcção de Michael Zilm, e nas maesterclasses dos violinistas Peter Devris (2005), Gerardo Ribeiro (2008) e Carlos Damas (2011).

Tem colaborado com diversas orquestras e grupos de música de câmara, entre os quais Orquestra Didáctica da Foco Musical (2006-2008), Evorensemble Contemporâneus (2007-2008), Orquestra Sinfónica da Companhia Portuguesa de Ópera (2009), Orquestra Sinfónica Ginásio Ópera (2010), Orquestra Sinfónica do Festival Internacional de Saxofone de Palmela (2009), Orquestra Chinesa de Macau (2012), Universus Ensemble (2016), Orquestra Ibero-Americana (2016-2017), Orquestra Philarmónica de Lisboa (desde 2016) e Orquestra do Círculo de Música de Câmara (desde 2016). 

Actualmente, é professora de Violino em Crescendo Escola de Música e Sociedade Musical Odivelense. Paralelamente à música, é doutorada em Crítica Textual, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde desenvolve investigação no Centro de Linguística, prestando também apoio à disciplina de Português dos ensinos básico e secundário.

Prof. João Pedrosa (Guitarra)

Inicia-se na música de forma autónoma aos 13 anos, começando a estudar guitarra e teoria musical, posteriormente vem a ter aulas com professores privados, tanto no âmbito da guitarra clássica como da vertente eléctrica.

Aos 18 anos dá os primeiros passos no mundo do jazz ao ingressar na escola JBJAZZ, tendo estudado durante um ano com o professor Alcides Miranda.

Em 2012 inicia o percurso na escola do Hot Clube de Portugal, onde estuda durante 3 anos com professores como Afonso Pais, Sérgio Pelágio, Nuno Costa, Tomás Pimentel, Luís Cunha entre outros. Nesta altura teve também oportunidade de participar em diversas Master Classes. Em paralelo frequenta a Licenciatura em Ciências Musicais na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

Participa em 2016 num workshop intensivo de composição dinamizado por Pedro Madaleno. No mesmo ano completa o exame internacional Rockschool (Grau 7) com mérito.

Como docente deu aulas de guitarra em várias escolas básicas através da Academia De Artes de Lisboa, ao mesmo tempo que dá aulas privadas, que mantém até hoje.

 

Professor Tiago Rodrigues