Grupo Coral

O Grupo Coral Maria Gomes nasceu no ano letivo de 2000/01 da vontade de um grupo de professores de escolas do Concelho de Odivelas que, na Sociedade Musical Odivelense, veio encontrar o apoio e as estruturas que necessitava para que o projeto se concretizasse.

 

Perfilhou o nome de Maria Gomes em homenagem a esta grande Senhora que foi uma das paladinas das atividades culturais da Sociedade.

 

Tem, desde a sua criação, atuações regulares, quer na época natalícia, quer nas Janeiras, quer por alturas do aniversário da SMO, das comemorações do 25 de Abril ou do Dia da Música.

 

O seu reportório é muito diversificado, abrangendo a música polifónica e a música popular portuguesa.

 

A partir de Janeiro de 2012 é regido pelo Maestro Carlos Braz.

Ensaios

Os ensaios do Grupo Coral decorrem às 4ªfeiras das 19h às 21h.

O Maestro

Maestro Carlos Braz

O Maestro

Carlos Braz, natural da cidade da Covilhã, iniciou os seus estudos musicais no Conservatório Regional da Covilhã onde concluiu o Curso Geral de Canto. Foi coralista e assistente de direção coral do Coro do Orfeão da Covilhã onde conheceu o professor Edgar Saramago com quem veio a estudar durante alguns anos direção coral.

 

Em 1992 participa no X Curso Intensivo de Direção Coral sob a orientação do maestro José Robert em Torres Vedras. Nos anos de 1989/90 participa no 1º e 2º Curso Internacional de Direção Coral em Sines orientado pelos maestros Anton De Beer, Maarten Van Tilburg, Edgar Saramago e por Elizette Bayan.

 

Participou em diversos concertos corais quer em Portugal continental e ilhas quer no estrangeiro (Espanha, França, Viena, Bélgica e Itália) com os seguintes coros: Orfeão e Conservatório da Covilhã, Coro da Universidade Lusíada, Coro La Folie, Coro Artístico Vilafranquense, Orfeão Tomaz Alcaide de Estremoz, Coro Académico de Alverca, Grupo Vocal Conductus Ensemble e o Grupo Vocal Dezstaccato.nos de 1989/90 participa no 1º e 2º Curso Internacional de Direção Coral em Sines orientado pelos maestros Anton De Beer, Maarten Van Tilburg, Edgar Saramago e por Elizette Bayan.

 

Dirigiu o Coro do Instituto Superior Técnico de Lisboa e, em colaboração com o professor Edgar Saramago, o Orfeão de Estremoz “Tomaz Alcaide”. Dirigiu ainda o Coro Académico de Alverca e o coro do ABEI. Atualmente dirige o Coro Juvenil do Ateneu Artístico Vilafranquense e a Classe de Conjunto (Coro) do Instituto de Música Vitorino Matono, onde também frequentou com o professor Rui Nabais o curso de guitarra clássica. Pontualmente faz formação na área da técnica vocal.
Concluiu o Curso Superior de Direção Coral na Escola Superior de Música de Lisboa e atualmente é professor do quadro de Educação Musical na Escola E.B. 2/3 de Nuno Gonçalves, Lisboa.
Também colabora com a SMO – Sociedade Musical Odivelense leccionando aulas de guitarra e na regência do Coro Adulto, desde Janeiro 2012.